26mar
By: smartgreen ligado: março 26, 2019 In: Cidades Inteligentes, Notícias, Smartgreen, Sustentabilidade Comments: 0

O painel moderado por Sandro Nelson Vieira, foi a respeito de mudanças climáticas, e teve como subtema os desafios de uma geração. Segundo o mediador, as adversidades são gigantescas e vão desde impactar positivamente a questão da mudança climática em um curto espaço de tempo, até lidar com processo de governanças mal estruturados, ou sem o uso de tecnologia.

Painel e palestrantes

A palestra contou com a participação de quatro convidados, sendo eles: Andrea San Gil León, Alessandro Amadio, Charles Rath e Marilza do Carmo Oliveira Dias.

Andrea San Gil foi a representante do governo da Costa Rica, e falou sobre alguns projetos que estão em implementação, como o de descarbonização da economia do país, e principalmente, o uso de processos de governança entre o Governo Federal da Costa Rica com os municípios.

O segundo painelista foi Alessandro Amadio, representante da UNIDO Brasil (Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial Sustentável). Responsável pela área de desenvolvimento industrial das Nações Unidas. Segundo Amadio o processo tecnológico não é o grande problema do Brasil, a questão central é a tomada de decisão. O representante da UNIDO, aproveitou a oportunidade para reforçar a necessidade de uma correta governança.

Charles Rath, consultor da Resilient Solutions, explanou a respeito do uso e análise de dados, além de explicar o conceito de big data. Rath trouxe número interessantes como: 90% dos dados atuais existentes no planeta, foram adquiridos nos últimos dois anos, porém, menos de 1% é efetivamente utilizado para uma tomada de decisão adequada. Por exemplo, a redução e mitigação de enfermidades, como doenças pulmonares, onde com o uso da inteligência de dados, o gestor público pode verificar que essas doenças estão relacionadas a núcleos onde têm maior concentração de poluição, impactados por exemplo, por excesso de congestionamentos urbanos em áreas centrais.

A Engª Química Marilza do Carmo Oliveira Dias, representou a participação da Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Curitiba. A secretária mostrou vários projetos que estão sendo produzidos em Curitiba, desde a microgeração de energia através de sistemas fotovoltaicos, até a utilização de um microgerador hidráulico de energia no lago do Parque Barigui, usando a queda d’água do lago e que é capaz de gerar 50% da energia consumida no Parque.

Vieira declara que a experiência foi incrível e que “a grande questão que pude compreender nesse painel, foi de que criar uma linha de raciocínio adequada onde governança, tecnologia com o uso de dados, e projetos menores tem um grande impacto em nossa vida, e no nosso dia a dia. De certa forma essas questões resolvem problemas de ordem exponencial que nós temos com relação a mudanças no clima”.

 

Leia também:

>>> Stand da SmartGreen foi um dos mais visitados da Smart City Expo Curitiba 2019

 

Trackback URL: http://www.smartgreen.net/wordpress/importante-painel-sobre-mudanca-climatica-e-moderado-pelo-ceo-da-smartgreen/trackback/